Veja como criar um projeto pessoal e estruturá-lo.

Um projeto pessoal ajuda a testar ideias, a criar caminhos e a realizar novos feitos! Este artigo é uma conversa aberta que explica por que investir em seus próprios objetivos e dá dicas fundamentais para colocar as ideias em prática.

Você consegue imaginar uma vida sem sonhos? Por mais realizada que uma pessoa seja, a vontade de buscar novos desafios, objetivos e desejos é o que move um projeto pessoal.

Isso é ainda mais aparente nos empreendedores, pessoas que têm em sua natureza a necessidade de construir, de criar. Neste artigo, queremos conversar um pouco sobre como manter essa chama viva além do trabalho. É hora de criar metas para você e se divertir perseguindo sonhos! Vamos lá?

Entenda o que é um projeto pessoal

A definição mais simples de projeto pessoal é um processo ou objetivo que gere satisfação e motivação a um profissional fora de seu trabalho — tendo ou não relação com ele. Pode ser a execução de uma nova ideia, um hobby ou uma viagem, etc.

Por mais que pareça algo básico, a presença desses projetos na vida de um empreendedor é de uma influência profunda em:

Ter esse propósito extra permite que uma pessoa explore novas possibilidades e alcance sonhos que talvez não possam ser cumpridos dentro de uma empresa.

Descubra para que serve o projeto pessoal

Como estamos direcionando o texto para quem já empreende, podemos focar também nas vantagens que um projeto pessoal traz para esse perfil de profissional. Geralmente, seu objetivo principal é conseguir algum tipo de realização, seja ela financeira, espiritual ou psicológica, dando um propósito a mais à vida sem perder a segurança da atividade principal.

Por isso, é comum que esse tipo de projeto seja longo e que seja mais valorizado, podendo servir como uma terapia, uma forma de abrir a mente para novas possibilidades. E, claro, projetos pessoais podem ser uma maneira de alcançar objetivos e desejos: uma compra, um novo negócio, reconhecimento em uma outra área etc. O ideal é que esse processo alimente a autoestima.

No vídeo abaixo, a empreendedora Monica Bassi compartilha um pouco da sua própria história enquanto explica a importância do projeto pessoal para a vida de qualquer pessoa. Vale a pena conferir!

Veja os pilares em que seu projeto pessoal pode estar

Um projeto pessoal pode ter relação com vários aspectos do crescimento e da realização humana, dependendo do que seja seu objetivo no momento. Veja os pilares principais em que esses objetivos podem se encaixar.

Vida pessoal

Não é só de trabalho que se faz uma vida realizada. Precisamos de hobbies, lazer, entretenimento, conexões emocionais, relacionamentos. Portanto, seu projeto pode se encaixar nesse sentido.

Pode ser planejar um casamento ou ter filhos, praticar o esporte que você sempre teve vontade ou aprender um instrumento musical. Esse tipo de objetivo ajuda a clarear a mente e a dar um peso diferente ao que valorizamos no dia a dia. É algo que vai contribuir para viver melhor.

Vida profissional

É muito interessante também ter projetos que aprimorem ou ampliem seu leque profissional. Cursos de capacitação, graduação em outras áreas e habilidades complementares ao seu trabalho são exemplos disso. Para empreendedores, novos projetos criativos podem se tornar bons negócios no futuro.

Objetivos financeiros

Claro, você pode querer também ganhar um dinheiro extra ou juntar um montante para objetivos futuros. Projetos pessoais se encaixam bem no planejamento de saúde financeira, criando caminhos que podem um dia dar frutos.

Desejos individuais

Uma viagem, uma compra, um serviço: não há nada de errado em desejar consumir algo novo ou fazer algo diferente. Projetos pessoais nesse pilar têm geralmente uma linha de chegada clara, o que facilita o planejamento.

Vida espiritual

Aqui, não estamos falando de espírito apenas no sentido religioso, mas da saúde mental dentro da sua rotina. Não adianta ter dinheiro, realização profissional e reconhecimento se sua autoestima não acompanhar essas qualidades.

Alguns projetos são importantes para mudar nossa percepção de mundo e alimentar a alma. Podem ser de dentro para fora, como voluntariado, ou de fora para dentro, como meditação, exercícios físicos e terapia.

Confira algumas dicas para desenvolver seu projeto pessoal

A forma como um projeto pessoal acontece vai variar muito de acordo com cada pessoa e objetivo. Mas os elementos em comum são motivação, determinação e boas metas. Veja dicas simples para conseguir isso!

Comece por um grande objetivo

Seu projeto pessoal parte primeiro de uma linha de chegada lá na frente. Imagine que você quer testar uma nova ideia de negócio. Qual é o objetivo final? Que ele se torne viável? Que ele seja validado? Essa meta será como sua estrela-guia: estará sempre visível para apontar o caminho.

Estruture o caminho em objetivos menores

Criando um objetivo grande e distante, você pode acabar caindo na armadilha da desmotivação. Se a escadaria tem mil degraus, a parte mais desafiadora é subir o primeiro.

Portanto, quebre essa meta em pontos menores, que podem ser alcançados mais rapidamente e dar um propósito mais próximo da sua rotina. Se possível, permita-se também se dar pequenas recompensas antes do grande prêmio para manter a motivação.

Defina prazos

Uma gestão de projetos sem prazos acaba perdendo seu foco e virando novamente apenas uma vontade, um sonho. Você precisa de estrutura para cada uma das metas. No entanto, não seja tão exigente. O importante do projeto pessoal muitas vezes é a jornada. Não se cobre demais se não cumprir alguma das datas.

Faça avaliações constantes de sua evolução

Assim como em sua empresa, você pode definir indicadores para acompanhar a evolução do processo: o que foi feito, o que falta, como poderia aprimorar ainda mais sua performance etc. Isso contribui muito para a estrutura de projeto que citamos.

Ative sua rede de contatos

Projetos pessoais são ótimos para se conectar e expandir com suas redes de contato. Se for possível, envolva outras pessoas em seu sonho. Compartilhe e absorva outros objetivos dentro do seu. Isso pode inclusive criar oportunidades pessoais e profissionais lá na frente.

Use tecnologia

Hoje, há vários programas e sistemas para acompanhar e gerenciar projetos pessoais. São ferramentas para lista de afazeres, para rastrear progresso, para dividir os pequenos objetivos. Uma pesquisa nesse sentido pode ajudar muito em seu planejamento.

Tente ir além, mas sem se frustrar

Assim como em seu trabalho, há sempre espaço para superar expectativas. Se você viu que seu objetivo está próximo, que tal empurrar essa barra mais para cima? Mas, claro, é preciso equilíbrio e gestão de riscos.

Metas irreais causam frustração e metas muito fáceis desmotivam. O ponto ideal do projeto pessoal é aquele sonho que está ao alcance e que vai evidenciar o quanto você evoluiu como pessoa ao olhar para trás. O que você está esperando para começar?

Por Raphael Pires
Fonte > RockContent

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *