Como criar uma gestão para a inovação na sua empresa

Quanto mais a sua empresa demonstrar que inova com uma visão de 360 graus, valorizando os aspectos econômicos, sociais e ambientais na gestão do negócio como um todo, mais ela poderá se destacar no cenário mercadológico.

inovação, algo indispensável para manter a competitividade e sustentabilidade dos negócios, é um dos assuntos de maior destaque no mundo corporativo atualmente. Mas não basta inovar para ter bons resultados. É preciso ir além disso! É necessário ter atitude e desenvolver uma gestão voltada para inovação que transforme o potencial inovativo da sua empresa em realidade concreta e lucrativa.

A gestão voltada para inovação é a estruturação de um processo com começo (entradas), meio (processamento) e fim (saídas e geração de resultados). Em suma, consiste em estabelecer meios e métodos para gerar valor, concretizando ideias.

A gestão voltada para inovação nas empresas é responsável por sistematizar o processo de inovação, determinando quantas etapas e quais rotinas ele terá, assim como quais recursos humanos, materiais, financeiros e tecnológicos serão aplicados. Estabelece também a estrutura hierárquica e decisória que será praticada para viabilizar a geração de resultados conforme a Mandala JPB para Gestão da Inovação desenvolvida pelo Innovation Center – IC.

Mandala JPB para Gestão da Inovação  (Foto: Innovation Center )
Mandala JPB para Gestão da Inovação (Foto: Innovation Center )


A gestão voltada para inovação é de suma importância para evitar a estagnação sistêmica das organizações e virar o foco para a sustentabilidade empresarial. A sustentabilidade, segundo a ONU, tem três pilares: econômico, social e ambiental. Normalmente, o foco da inovação fica centrado no viés econômico da sustentabilidade, mas pode se expandir também para as outras duas vertentes.

Quanto mais a sua empresa demonstrar que inova com uma visão de 360 graus, valorizando os aspectos econômicos, sociais e ambientais na gestão do negócio como um todo, mais ela poderá se destacar no cenário mercadológico e maior visibilidade e prestígio alcançará perante os clientes, investidores e parceiros de negócios. Neste sentido, o papel da gestão voltada para inovação nas empresas é tornar o ambiente de negócio propício para a concepção de ideias inovadoras e desenvolver, bem como materializar soluções mercadológicas diversas conforme é demonstrado em 10 passos na Mandala JPB para Gestão da Inovação.

O papel desta Mandala para as empresas é de estruturar o desenvolvimento dos projetos de inovação através de um passo a passo prático.

Os passos essenciais para fazer uma gestão voltada para inovação são muito práticos e extremamente fáceis de implementar. Veja, a seguir na descrição de cada etapa da Mandala JPB, em que consiste cada passo a partir do raciocínio da Inovação Frugal, por exemplo, que é a Inovação mais recomendada para momentos de incerteza que estamos vivendo.

1. Quanto à forma: Pode ser “Interna” ou “Aberta”;
2. Quanto ao grau de interdependência: Pode ser “Autônoma” ou “Sistêmica”;
3. Quanto aos diagnósticos da inovação: Pode ser de “Estratégia”, de “Processos”, de “Recursos” e da “Organização”;
4. Quanto aos alinhamentos do sistema de inovação: Em “Eficiência e Eficácia”, “Comunicação”, “Gestão” e “Aprendizado”;
5. Quanto aos Ttpos de inovação: Pode ser em “Produto / Serviço”, “Tecnológica”, “Processo / Marketing / Logística” e “Modelo de Negócio”;
6. Quanto às dimensões da inovação: Pode ser em:
     a. Modelo de negócio: Como é gerado o resultado;
     b. Relacionamento: Como é feita a conexão com o ecossistema;
     c. Estrutura: Quais são as viabilidades para desenvolver a inovação;
     d. Processos: Metodologias para desenvolver a inovação;
     e. Brand: Ações para construção de valor;
     f. Oferta: Comunicação adequada e relevante por canal de venda;
     g. Performance: Funcionalidades do produto / serviço;
     h. Complementos: Sistema Produto / Serviço;
     i. Engajamento do usuário: Todas as diferentes interações possíveis;
     j. Plataforma: Gestão Orbital – Correlações de aplicações a partir do propósito;
     k. Pontos de Contato: Canais de venda e distribuição;
     l. Serviços: Suportes necessários para os usuários / clientes / consumidores.
7. Quanto à intensidade da inovação: Pode ser “Incremental” (Tecnologia e Modelo de Negócio Semelhante à já existente), “Semi-Radical por Modelo de Negócio” (Modelo de Negócio Novo e Tecnologia semelhante à existente), “Semi-Radical por Tecnologia” (Tecnologia Nova e Modelo de Negócio semelhante ao existente) ou “Radical” (Tecnologia e Modelo de Negócios Novos);
8. Quanto às patologias da inovação: Pode ser de “Intensidade”, de “Dimensão” e de “Portfólio”;
9. Métodos tradicionais para contextos com pouca complexidade / incertezas: “PDCA”, “CLARIZEN”, “5W2H”, “ASANA”, “ISHIKAWA”, “PLANEJAMENTO DE MARKETING”, “PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO”;
10.  Métodos e frameworks ágeis para contextos de incertezas: “SCRUM”, “LEAN”, “SPRINT”, “KANBAN”, “XP”, “ASD”, “DSDM”, “CRYSTAL”, “FDD”, “OODA”, “INCEPTION”, “DT”, “OKR” e “NPS”.

Entretanto, é importante levar em consideração que a gestão de inovação nas empresas só prospera onde há abertura para novas ideias, pessoas empreendedoras e apetite de risco. Isso é o que vai determinar o quanto a sua empresa está disposta a investir para obter o retorno estimado, mas ainda incerto.

Para isso, é preciso desenvolver a cultura de inovação, o que requer a disponibilização de cursos, palestras e treinamentos sobre o assunto e, acima de tudo, que a alta direção da organização demonstre que incentiva e valoriza o espírito inovativo.

Vale ressaltar que a formação da cultura de inovação requer um investimento de médio a longo prazo, o que não se faz da noite para o dia.

E por fim lembre-se: Inovação é transformar conhecimento em algum resultado relevante!

*Juan Pablo D. Boeira é CIO do Innovation Center, mestre e doutorando em Design Estratégico e Inovação pela UNISINOS, e professor de Inovação e Tópicos Avançados de Marketing na UNISINOS, ESPM e PUCRS.

Fonte do artigo »» Época Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *