Mercado de fusões e aquisições de empresas continua aquecido em 2022

Um volume crescente em transações de M&A deverá ser observado em operações junto a investidores estrangeiros

O mercado de fusões e aquisições (M&A, na sigla em inglês), teve resultados positivos nas transações em 2021, de acordo com a Mazars, consultoria empresarial. Segundo a empresa, isso acontece porque a estratégia de M&A cria uma plataforma de oportunidades que tem sido utilizada também para o processo de transformação e de restruturação frente ao novo mercado durante e após a crise pandêmica.

“Em termos de expectativa para 2022, considerando também as atuais variantes políticas (por ser um ano de eleição), econômicas e de mercado presentes, principalmente para o Middle Market, um volume crescente em transações de M&A deverá ser observado em operações junto a investidores estrangeiros − potencialmente mais relacionadas inclusive as privatizações e a operações de infraestrutura − e nacionais, e também com operações vinculadas a Carveout, processo pela qual uma empresa vende uma parcela geralmente menor de seus negócios”, afirma Ricardo Maciel, sócio de M&A e Reestruturação Financeira da Mazars.

Em relação aos desinvestimentos prováveis, segundo Maciel, eles são resultantes de decisões estratégicas ou de continuidade, em que diversas empresas nacionais buscam focar nas linhas de negócio onde possuem expertise ou decorrentes das restruturações necessárias para se adaptarem ao novo mercado, com transformações não somente nas questões financeiras, como capital de giro, administração do caixa, revisão dos custos, entre outros, mas também em reorganizações societárias e operacionais.

“Eu acredito que o cenário para fusões e transações apresentará desafios em que o foco na inovação, transformação digital, gerenciamento de pessoas e operações em ambientes híbridos e virtuais, será comumente abordado juntamente com a mitigação dos riscos econômicos, ambientais e sociais na obtenção de valor para acionistas a longo prazo”, revela Maciel.

Ricardo Maciel finaliza “O mercado de M&A está ativo e com tendências promissoras para os Fundos de Investimentos, Venture Capital e Fundos de Private Equity no Brasil, onde é esperado “records” de transações de Funding, venda e compra de empresas”.

Especializada em auditoria, BPO, consultoria, serviços tributários e financeiros, a Mazars é uma empresa internacionalmente integrada, operando em mais de 90 países ao redor do mundo. 

Por Leonardo Grandchamp
Fonte > Jornal Contábil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Notice: Undefined index: cookies in /home/pamplona/public_html/wp-content/plugins/live-composer-page-builder/modules/tp-comments-form/module.php on line 1638